Três grandes vilões do casamento

A causa dos desastres no relacionamento conjugal é um dos mais polêmicos assuntos que não somente intriga cada vez mais aos estudiosos desta área, como também subestima a capacidade de entendimento do homem a esse respeito. Dentre inúmeros vilões do casamento, vamos focar apenas três que têm deixado verdadeiros escombros no casamento.

Infidelidade

Primeiro, o vilão chamado infidelidade, que tem causado uma das dores emocionais mais devastadoras que se possa imaginar. Quando há a traição de um dos conjuges, há uma quebra do pacto de fidelidade feito, consequentemente, quebra também de relacionamento. Independentemente de um pacto, as pessoas esperam fidelidade num relacionamento e sentem uma dor muito grande quando são traídas. Interessante como as pessoas, que se dizem mente aberta ou moderna, tentam encarar a infidelidade como um acontecimento normal na vida, e estas mesmas pessoas se abatem quando são traídas. A ferida da traição se instala na alma e pode causar uma doença crônica e até fatal quando não é devidamente tratada.

Stress

Em segundo lugar, o vilão chamado stress! E este é um enorme vilão no casamento, sem dúvida. Nesta vida moderna e cada vez mais exigente, com milhares de novas cobranças a cada dia, quem não se sente estressado? Quem porventura pode acrescentar um minuto sequer na sua hora? Embora todos saibam que há tempo determinado para tudo aqui neste mundo, pouquíssimos sabem administrar este tempo quando refere-se ao tempo investido no relacionamento conjugal. Milhares de pessoas se queixam de que o seu conjuge tem tempo para tudo, menos para o relacionamento a dois. A prioridade está no trabalho, amigos ou qualquer outra atividade, não restando tempo de qualidade para investir no casamento. Esta semana ouvi de uma mulher que dizia estar separada porque sentiu-se viúva de marido vivo. Ela ainda afirmava que tinha um esposo totalmente stressado e voltado para o trabalho. Como ela muitas outras pessoas são afetadas ou afetam, pelo próprio stress, às pessoas que mais amam.

Falta de transparência

Finalmente, o vilão intitulado “falta de transparência”. A transparência num relacionamento deve ser vivida a dois. É uma via de mão dupla, não tem meio termo. Ninguém, em seu bom senso, vai faltar com a transparência e ao mesmo tempo exigir isso do seu conjuge. Quando isto acontece com uma pessoa que se diz normal ela entra em conflito. Este fato está exemplificado no filme “Did You Hear About the Morgans?”(2010), quando a esposa cobra transparência do marido, mas não age com a mesma medida. Este filme é uma comédia com Hugh Grant e Sarah Jessica Parker, que estreou no Brasil recentemente, com o título “Cadê os Morgans?”. Casal de Nova York, com problemas de relacionamento presencia um assassinato e , em programa de proteção a testemunha, desloca-se para uma pequena cidade onde tem a “dura tarefa de conviver juntos”, sem stress, sem pressa (com tempo de qualidade) e sem acesso a telefone ou computador(um outro vilão). Neste contexto, os três vilões que o separavam: infidelidade, stress e falta de transparência são tratados e nem precisa dizer o final, você pode conferir vendo o filme.

Concluindo, existem muitos casais que como os Morgans estão com sérios problemas de relacionamento e que, sozinhos, não estão conseguindo resolver suas difíceis questões no casamento. Cadê os Morgans???!!! Para vocês que estão em conflito, achando que não há mais saída e que tudo acabou, digo-lhes que posso ajudá-los a encontrar o caminho para a solução que buscam. Vocês não terão que testemunhar como os Morgans fizeram no filme, basta constatar de que há sempre dias melhores quando duas pessoas, juntas, decidem lutar por um ideal.

Lucileide Matos, Ph.D. – Doutora e Mestre em Clinical Christian Counseling pela Florida Christian University, Especialista em Administração Escolar pela Universidade Federal da Paraíba, Especialista em Administração Eclesiástica, Bacharel e Licenciatura em Psicologia pela UNIPE e Bacharel em Teologia pelo Seminário Teológico Betel Brasileiro. É Professora da Florida Christian University e ministra palestras na área de Psicologia, Educação e Família nos Estados Unidos , Brasil e em países da Europa.
Fonte: Artigonal
Foto: cbanck