Propague soluções, não problemas.

Hoje o assunto que veio na cabeça foi esse. Parece meio óbvio, eu sei. Mas venho observando que a grande massa não pensa assim.

A coisa fica ainda mais explícita nas redes sociais, faça o teste, repare nas atualizações de amigos e conhecidos. Depois me diz se não é grande a quantidade de pessoas se dedicando a esparramar problemas, desgraças e notícias que não agregam qualquer valor. A custo de quê? Ter o que falar?

Não seja mais um agente propagador de problemas!

Vale lembrar que a grande maioria das pessoas de sucesso chegaram “lá” descobrindo e fornecendo soluções para os mais diversos problemas.

Tem gente que parece que precisa de problemas para continuar seguindo a vida.

Como disse o professor Gretz em uma palestra onde eu estava presente (não lembro exatamente as palavras usadas, mas foi mais ou menos isso):

 

“Tem gente que parece que se apaixona pelos problemas. Se uma pessoa comenta que tem uma úlcera e o outro responde que também tem. O primeiro, então, pra sair por cima diz: Mas a minha sangra!”.

 

Todos temos problemas, uns cabeludos, outros nem tanto. A forma como você vai reagir diante deles é que fará toda a diferença.

E aí, você é um agente propagador de soluções ou de problemas?

Crédito da foto.