Exercícios: 13 Benefícios cientificamente comprovados.

Quantas vezes você já ouviu: “Exercício é bom pra você por…”

Todos sabem que se exercitar trás muitos benefícios, mas mesmo assim seguimos procrastinando e reclamando do excesso de peso, das doenças, etc.

Um pouco de exercício é melhor do que nenhum exercício, mais exercício é geralmente melhor que menos exercício, ficar parado pode ter consequências desastrosas. Ninguém está pedindo que você comece um rigoroso sistema de exercícios, apenas faça alguma coisa. Se precisar de motivação, veja a lista abaixo com benefícios gerados por exercícios e que são comprovadamente benéficos a sua saúde:

Longevidade.

Pessoas que são fisicamente ativas vivem mais. Segundo um estudo de acompanhamento de 20 anos, exercitar-se regularmente reduz o risco de morte prematura.

Desenvolvimento de novas células cerebrais, boa memória.

Exercício estimula a formação de novas células cerebrais. Pesquisadores descobriram que áreas do cérebro responsáveis pela memória e aprendizado, são estimuladas quando nos exercitamos. Por exemplo, pessoas adultas que se exercitam regularmente se saem melhor em testes onde decisões importantes, soluções de problemas e boa memória são necessárias.

Melhor desempenho sexual.

Exercícios regulares ajudam a manter e a melhorar a sua vida sexual. Desenvolvimento físico dos músculos, aumento de energia, melhor composição corporal e melhor circulação cardiovascular podem melhorar a vida sexual em ambos, homens e mulheres. Pesquisadores revelaram que homens que se exercitam regularmente têm menos chances de sofrer de impotência sexual.

Exercício é um forte antidepressivo.

Diversos estudos mostraram que exercícios promovem a saúde mental e reduzem os sintomas da depressão. O efeito antidepressivo gerado por exercícios regulares é comparado com poderosos remédios antidepressivos. Pode ser necessário pelo menos 30 minutos de exercícios diários, durante três a cinco dias por semana para obter resultados relevantes na eliminação dos sintomas de depressão.

Saúde Cardiovascular.

Falta de atividade física é um dos maiores fatores de risco de doenças cardiovasculares. Exercícios regulares deixam seu coração, assim como outros músculos, mais forte. Um coração mais forte pode bombear mais sangue com menos esforço.

Redução de Colesterol.

O exercício em si não queima colesterol assim como queima gordura. Mas o exercício influencia favoravelmente no nível de colesterol no sangue, diminuindo o mau colesterol, triglicerídeos e aumentando o bom colesterol.

Prevenção e controle de diabetes.

Existe forte evidência de estudos e pesquisadores qualificados, apontando que atividades físicas regulares combinadas com uma alimentação balanceada podem reduzir em 50-60% o risco de desenvolvimento de diabetes.

Diminuição da pressão.

Como o exercício pode reduzir a pressão sanguínea ainda não é claro, mas todas as formas de exercícios parecem diminuir efetivamente a pressão. Os aeróbicos parecem causar maior efeito em pessoas com hipertensão.

Redução do risco de derrame.

Pesquisas indicam que níveis moderados e elevados de atividades físicas podem reduzir o risco de derrame e isquemia.

Controle de peso.

Exercícios regulares ajudam a reduzir e a manter um peso saudável. Se você consome mais calorias do que necessita em um dia, o exercício elimina esse excesso de caloria e mantém o seu peso. Aumenta o uso de energia, resultando em metabolismo mais rápido. Quando o metabolismo é acelerado através do exercício, você manterá uma taxa acelerada por maiores períodos durante o dia.

Força muscular.

Estudos comprovaram diversas vezes que musculação aumenta a força muscular e massa, diminuindo o tecido gorduroso.

Ossos fortes.

Uma vida ativa ajuda na densidade dos ossos. Alguns tipos de exercícios podem promover a formação dos ossos, retardar o enfraquecimento e proteger contra osteoporose.

Dormir melhor.

Se você tem problemas de sono, exercícios diários podem fazer a diferença.

Espero que esses benefícios sejam suficientes para te animar a começar a se mexer! Eu voltei com as minhas caminhadas diárias, que estavam abandonadas desde 2008. 🙂

E você? Vai ficar parado?

Abraço,

Rod Gomes