Causas da Insônia – 5 situações que podem causar distúrbios do sono

Primeiro é importante destacar que insônia não é doença. Ela não está descrita no CID (Código Internacional de Doenças). Ela é considerada um sintoma de fatores externos, psíquicos ou do próprio organismo, como por exemplo o efeito colateral de algum medicamento.

Diversas situações podem desencadear um problema de insônia. Destaco nesse artigo 5 delas, que eu acredito que você, se tem problemas para dormir, vai identificar em seu dia-a-dia:

Ansiedade e Insônia

A expectativa com algo bom ou ruim que está prestes a acontecer ou mesmo preocupações com terceiros acabam afetando nosso humor.

Dependendo de seu temperamento – se você gosta de tomar ações imediatas para resolver os problemas, por exemplo e está sendo impedido por algum fator externo isso pode trazer uma grande carga emocional para o seu dia a dia e isso acaba afetando a quantidade e a qualidade do sono.

Estresse

Quem hoje não tem um pouco de estresse em sua vida? Todos temos. O problema se instala quando essa pressão é tamanha que nosso organismo começa a ser afetado e alguns sintomas são perceptíveis: baixa da resistência com incidência recorrente de doenças oportunistas, como resfriados, gripes, herpes dentre outras.

E o estresse também afeta a bioquímica orgânica, alterando a produção de hormônios, o que tem impacto na rotina do sono.

Ambientes Ruidosos

Se você trabalha ou mesmo mora em locais com alto nível de ruídos, a probabilidade de ter uma noite de sono de menor qualidade é muito grande, principalmente se no horário de dormir você tiver que enfrentar esses barulhos, como tráfego, televisão etc.

Esses ruídos nos mantém em estado de alerta, assim como cores fortes, em tons avermelhados e dificultam o processo do sono.

Consumo de Álcool e/ou Cigarros

O consumo dessas substâncias alteram a bioquímica orgânica e afetam toda a atividade do nosso corpo. Se o consumo for constante e de longa data, a situação piora, pois além de ter já alterado a dinâmica bioquímica, o corpo já se acostumou às substâncias, o que dificulta a interrupção do uso.

Como toda a bioquímica está alterada, é praticamente impossível o sono também não sofrer alterações. E ele sofre em duas frentes: na quantidade, com a diminuição das horas de sono e na qualidade, pois as pessoas têm mais dificuldade em entrar na faixa de sono de regeneração.

Falta de uma rotina no dia-a-dia

Parece conversa de mãe essa coisa toda de rotina, mas a verdade é que nosso organismo precisa saber a hora de fazer cada coisa que ele tem que fazer durante o dia. Uma vida desregrada, sem horários pré-determinados para as principais atividades é a base para se desenvolver problemas para dormir.

Ter uma rotina é realmente a base para uma vida saudável.

Se você se identificou com algum ou alguns dos pontos levantados, não é motivo para ainda mais preocupações. Saber a origem – a verdadeira causa – da insônia é o primeiro passo para controlar o problema e eliminá-lo do seu dia-a-dia.

Para saber mais como lidar com a insônia, acesse www.insonianuncamais.com.br
José Ricardo possui o Blog Insonia Nunca Mais, onde publica dicas sobre como lidar com esse problema. 

Fonte: Artigonal
Foto