5 Truques para evitar brigas no relacionamento

Qual casal nunca teve uma discussão mais apimentada? As razões são as mais variadas, algumas terminam pacificamente, outras não terminam tão bem. Então por que não evitar essas brigas sempre que for possível? Em resumo, você deve falar o que pensa, mas deve também ouvir e respeitar o ponto de vista de seu/sua parceiro (a). Cuidado para não falar e fazer coisas das quais irá se arrepender.

1. Sem insultos

Quando estamos nervosos acabamos falando coisas que poderíamos evitar; até mesmo insultos “leves”, que poderiam passar despercebidos para outra pessoa, podem tornar-se difíceis de digerir em uma briga de casal. Você deve prestar atenção nisso antes mesmo da briga começar; ao sentir que a tensão está aumentando, mantenha a calma, não insulte. Tente ficar o mais calmo o possível, e por mais impossível que isso possa parecer, é mais fácil do que imagina. Entenda que se você perder a calma, as coisas irão piorar.

2. Tom de voz

Muitas o tom da voz pode passar um significado diferente. Nossa tendência natural é aumentar o tom, isso pode e deve ser controlado. Controlando sua voz você pode acalmar a situação ao invés de provocar ainda mais estresse e tensão.

3. Não fale mal sobre a família e amigos dela/dele

Mesmo que o que você queira dizer seja verdade! Muitas brigas começam exatamente por esse motivo, especialmente quando se trata de família. Lembre-se que durante uma discussão ou briga, sua pessoa amada está muito vulnerável e falar mal de seus amigos e família tornará a situação muito pior.

4. Evite o: ‘Eu te disse’

Se você deu um conselho ou aviso sobre uma situação, a pessoa não escutou e as coisas não deram certo… evite jogar isso na cara, se a pessoa te ama, ela no fundo saberá que você falou e que deveria ter escutado, mesmo que não admita, não é necessário o “eu te disse”. Confie que ela irá ouvir da próxima vez e faça o que estiver ao seu alcance para ajudar a contornar a situação.

5. Não compare

Muitas brigas começam devido ao uso indevido de palavras. Um exemplo bem comum é quando você compara sua (seu) parceira (o) com outras pessoas, não necessariamente ex-namorada (o), simplesmente com outras pessoas. Você pode dizer que seu parceiro não é um Einstein em termos de inteligência, ou que sua parceira não é uma Angelina Jolie em beleza, esses exemplos são superficiais, mas mesmo esses podem acarretar para discussões e brigas se falados em momentos errados. Então o ideal é evitar comparações. Se você não curte alguma atitude, o melhor a fazer é conversar e tentar chegar a um ponto em comum.

Esses são apenas alguns pontos que podem ajudar a evitar uma discussão ou briga. Relacionamentos são complexos e cada um tem seus problemas em particular, use o bom senso e tente evitar os conflitos sempre que possível. Não tenha medo de ser o lado que cedeu diante de provocações, e se você perceber que está sempre cedendo, talvez seja hora de um diálogo para descobrir se seu relacionamento ainda. Em um relacionamento existe um balanço, se está pesando sempre para um lado, quer dizer que tem alguma coisa de errado.

Lembre-se que o fundamental em todo e qualquer relacionamento é o respeito.

Abraço,

Rod Gomes

Foto: abhi_pics